Um pouco de política

0
288

A frase: “O aluno é quem faz a escola”, me remete ao mundo da política.

São tantos os partidos políticos que as pessoas passam a rotular as pessoas pelos partidos a que são afiliados.

Eu bem quero acreditar que a intenção, que a ideologia para a formação de um novo partido seja boa, afinal sou do povo e como povo sou movida a esperança de uma vida melhor para mim e para os meus.

Mas, será que não seria interessante pensar em apenas dois partidos, a fim de facilitar a identificação dos corruptos e a bonificação dos homens de boa moral e conduta?

Não creio que devamos criticar por exemplo a criação do Bolsa Família, que existe em muitos países desenvolvidos sob outro nome.

É preciso entender a intenção (que foi boa) mas que criada em cima de uma política arcaica, abre brechas para a corrupção e o desvio de dinheiro daqueles que realmente necessitam.

A ajuda do governo existe nos Estados Unidos, existe na Suíça, e em muitos outros países da Europa, evitando que os habitantes entrem em desespero e passem a frequentar as ruas atrás de drogas e roubos muitas vezes por 1 litro de leite.

Sou a favor de que o político para se ter um salário como o de hoje, tenha formação universitária.

Sou a favor de poucos partidos ou apenas dois, afinal por que tantos partidos se o desejo de um mundo melhor é ideologicamente similar a todos? Ou o PT, PSDB, PMDB não concordam com um mundo sustentável. Então porque criar o PV que carrega em sua bandeira a sustentabilidade?

Quando disse acima…”O aluno é quem faz a escola” penso na renovação. Penso que cada político foi filho e aluno.

Como disse certa vez Chico Xavier…”Ninguém pode começar de novo mas, qualquer um pode fazer um novo fim”, também serve para a política.

É ensinar nossos filhos a serem homens honestos, sem a necessidade de se dar um JEITINHO para se conseguir o que quer, é ensinar a nobreza do trabalho, a força da união, a luta pelo ideal comum e não individual. É ensinar que o progresso é identificado pela boa moral de um povo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here