A Ação segundo a Kabbalah

0
228

Quando os seres humanos não possuem um objetivo transcendente, e estão presos somente na realidade material-sensorial, acabam por construir uma realidade longe de sua verdadeira identidade e objetivo de sua existência.

Na realidade material, o ser humano ainda carrega suas insatisfações e infelicidades, e assim começa a percorrer labirintos em torno das coisas do tempo presente, tudo que lhe traz prazer imediato, aparências, afastando-se
de quem é realmente.

E assim a pessoa vive numa atitude constante de reatividade, mergulhada nas coisas supérfluas, nunca se quer conectando-se consigo mesma e nunca conhecendo e respeitando o próximo.

Como fica a vida de uma pessoa assim?

Uma vida vaga, ruim, nada acontece, nada é permanente, a força interior se dilui e o propósito da existência se vai.

Isto é principio do caos, uma mente em caos, um mundo emocional em caos….

Na Kabbalah a base espiritual é a Ação / Maasé

Enquanto não chegarmos no mundo da ação, não despertamos a consciência completa, não adianta só saber, necessitamos passar por experiências para que nossa ação possa demonstrar a nossa evolução, assim podemos harmonizar todos os aspectos da vida, senão permaneceremos num plano intermediário e meramente especulativo.

A ação é a prova de que compreendemos o que recebemos no espiritual, mental e emocional.

Até as idéias não se materializarem em atos concretos, elas são meramente intenções.

Fonte: Escola de Kabbalah

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here