Ser mãe é dádiva divina

0
240

Hoje vi uma mãezinha chorar.
Chorava pela ausência do filho morto,
Pela falta de alimento na mesa
Pela falta de trabalho remunerado
Pela escassez de água, de luz,
Mas também de ombro amigo 
De parentes e de irmãos
Coitada! Se via sozinha!

Soluçando, lamentou-se com o Pai
por todas as ausências de sua vida,
Mas agradecia sempre pela felicidade e oportunidade
que tinha em passar por tão generosa prova.

“Ser mãe é dádiva divina”

O choro que vi era tanto de tristeza
Quanto de alegria!
Ela sabia no seu íntimo que seria vitoriosa e não desistia.

 

 

Rosto e pele enrugados pela idade avançada e judiada pelo trabalho braçal,
sua expressão era da felicidade do aluno que finalmente aprendeu a lição.

Ser mãe é dádiva divina.
Aproveitem seus aprendizados.
Sejam caridosas, amorosas, amigas.
Sejam confidentes, perseverantes e presentes.
Sejam amáveis, pacientes!
Sejam justas, equilibradas.
Mas sejam também firmes, educadoras.

Que ao final de vossa jornada no Planeta Terra como Mãe, cada ruga impressa em teu rosto,
simbolize tuas vitórias físicas e espirituais na presente oportunidade.

A todas as Mães, muita Paz, Luz e Amor.
Recebam esta rosa como símbolo de meu afeto e respeito por todos os espíritos
que aceitaram essa feliz tarefa de ser Mãe.

Pelo Espírito Joanna
Psicografado por Daniele Machado
Centro Espírita Irmandade Mensageiros de Luz

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here