Passe – o que é?

0
193

“O passe significa, no capitulo da troca de energias, o que a transfusão de sangue representa para a permuta das hemácias, ajudando o aparelho circulatório. O passe éessa doação de energias que nós colocamos ao alcance dos que se encontram com deficiências, de modo que eles possam ter seus centros vitais reestímulados e, em consequência disso, recobrem o equilíbrio ou a saúde, se for o caso”(Divaldo – Diretrizes de Segurança).

Quando duas mentes se sintonizam, uma passivamente e outra ativamente, estabelece-se entre ambas, uma corrente mental cujo efeito é o de plasmar condições pelas quais o “ativo” exerça influência sobre o “Passivo”. A esse fenômeno denominamos magnetização. Assim, magnetismo éo processo pelo qual o homem, emitindo energia do seu perispírito, age sobre outro homem, bem como sobre todos os corpos animados ou inanimados. A foto Kirlian concluiu pela emissão dessa energia, através das mãos do curador. Foi fotografada a energia brilhante que flui do curador para o paciente, o que indica que a cura envolve uma “transferência de energia do corpo bioplásmico do curador para o do paciente. Podemos dizer que o passe atua diretamente sobre o perispírito, agindo de três formas diferentes – como revitalízador, compondo as energias perdidas.

Dispersando fluídos negativos contraídos – auxiliando na cura das enfermidades, a partir do reequilíbrio do Perispírito.

“A vontade de aliviar, de curar comunica ao fluído magnético propriedades curativas. O remédio para os nossos males está em nós.

Opera-se mais freqüentemente por meio de gestos, rápidos ou lentos, longitudinais ou transversais, conforme o efeito calmante ou excitante que se quer produzir no doente. Esse tratamento deve ser seguido com regularidade, e as seções renovadas todos os dias até a cura completa” (Leon Denis -No Invisível).

Passe é uma transfusão de fluídos do médium curador ou passista para o doente. Ação esta que pode ser exercida também com fluídos dos Espíritos e da própria natureza ou meio ambiente.

É o equilíbrio ideal da mente, apoio eficaz de todos os tratamentos; Agente capaz de impedir as alucinações depressivas, no campo da alma”; assepsia no que tange ao Espírito; um dos mais legítimos complementos da terapêutica usual. (André Luiz);

Para o passista, o passe é acima de tudo, sublime oportunidade de trabalho em que o cooperador dedicado muito pode fazer na extensão do bem com Jesus. Assim, percebemos que o passe precisa ser mais estudado para ser melhor compreendido e utilizado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here