Como viver diante das provas e expiações?

0
184

Nas leituras dos meus emails dos quais alguns são provenientes de grupos que estudam a espiritismo e a umbanda, outros me vem através do site www.religiaoespirita.com tenho percebido a falta de entusiasmo das pessoas, uma fraqueza, tristeza, enfim pontos muito negativos que não condizem com a afirmação: “Sou Espírita” ou “Sou Umbandista”.

Livros espíritas e umbandistas, sempre trazem bons ensinamentos à respeito da força de vontade, da comunhão e aceitação de Deus e da fé.

É fato que todos nós sendo espíritos pecadores, galgando nossa ascensão no plano espiritual, temos como todas as outras pessoas, nossos defeitos, nossas carências.

Entretanto, cabe ao homem/mulher lembrar que tem um Pai, que olha por ele, que o protege, que o ama, que o ensina, mas que além de tudo isso, o proporciona meios de crescimento moral e espiritual.

Como viver  diante das provas  e expiações?

Nesse momento, recordo-me das palavras de um preto velho muito querido que sempre nos dizia em suas palestras: “Não há crescimento moral e espiritual sem a DOR. É ela o remédio necessário para a cura do espírito”.

Então alguns logo afirmam: Mas meu espírito não é doente, tenho dinheiro, tenho uma família bem estruturada, etc, etc…Outros: minha vida não presta, não tenho dinheiro, tenho problemas familiares, etc, etc.

Em verdade digo aos irmãos:

Todos nós que aqui estamos já sofremos algum tipo de desilusão ou sofreremos. Estamos num planeta de provas e expiação.

Provas essas que vem a nós como a alavanca para alcançarmos os nossos objetivos outrora acordados no plano espiritual.

Expiação que nos farão acertar as dívidas de outras encarnações e se der tempo, dessa também, caso contrário, novas encarnações serão necessárias a fim de que cumpramos todos os nossos carmas e consequentemente consigamos nos evoluir espiritualmente.

O que fazer?

Seja feliz!!!

O resgate é algo do qual não nos livraremos, pelo menos não nessa encarnação e só depende de nós, da caridade que fizermos, para que não tenhamos que resgatar numa próxima Encarnação.

O sofrimento  é opcional.

Porque sofrer ou se entristecer se o Pai é misericordioso e nos permite todas essas oportunidades a fim de que possamos em futuro breve (assim espero) nos redimir de nossos erros e por fim alcançar os seus pés?

O que o Pai espera de nós?

Que façamos  tudo conforme o que foi combinado, mas que em cada ato nosso ELE possa enxergar: a responsabilidade de um pai, o carinho de uma mãe, o sorriso, felicidade e inocência de uma criança, a esperança e a sabedoria de um ancião e a fé de um Cristão.

Que Deus Abençoe à todos os irmão de Fé!!!

Daniele

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here