Centros de força ou centros vitais

0
188

Os Centros Vitais ou Centros de Força, governam através da mente, bilhões de células do corpo humano. São estações de força espiritual ou fluídica localizadas no PERISPÍRITO.

O espírito propriamente dito vive a descoberto, ou, como pretendem alguns, envolvido por alguma substância?

O Espírito é envolvido por uma substância que é vaporosa para ti, mas ainda bastante grosseira para nós; suficientemente vaporosa, entretanto, para que ele possa elevar-se na atmosfera e transportar-se para onde quiser.

“Como a semente de um fruto é envolvida pelo perisperma, o Espírito propriamente dito é revestido por um envoltório que, por comparação, se pode chamar PERISPÍRITO”.

Formado de Carbono, azoto, oxigênio e Hidrogênio. (Livro A Mensagem do Apocalipse).

centros vitais

O Perispírito, serve de traço de união entre o corpo físico e o Espírito, mantendo entre os dois relações de continuidade; recolhendo sensações, transmitindo ordens sugeridas pelos corpos superiores espirituais, por intermédio de vibrações fluídicas.

Por seu intermédio é que o Espírito dirige a matéria gerindo o grande trabalho deste complexo laboratório e retirando do quimismo celular e da totalidade orgânica toda experiência para a individualidade, para os arquivos do Espírito (Livro Nos Alicerces do Inconsciente – Jorge Andréa).

ATRAVÉS DO PERISPÍRITO O ESPÍRITO TRANSMITE A SUA VONTADE AO EXTERIOR, AGINDO SOBRE OS ÓRGÃOS DO CORPO.

Regendo a atividade funcional dos órgãos, identificamos (no Perispírito) os Centros Vitais conforme se segue:

1. Básico – Localizado na base da coluna vertebral, fixado nos órgãos pélvicos, próstata, bexiga, glândulas seminais, ovários, etc. As forças que transitam por ele se transformam no cérebro em energia intelectual. Estimula desejos, age sobre o sexo , capta e distribui a força primária, serve para reativação dos demais centros. É através da mente que os centros de força atuam governando todo o metabolismo coordenando seus próprios impulsos sobre os elementos albuminóides do citoplasma, em que as forças físicas e espirituais se jungem no campo da experiência terrestre.

Todos os serviços da província biológica inclusive as emoções mais íntimas, são sustentadas por semelhantes recursos constantemente lançados pelo próprio Espírito no cosmo de energia dinâmica em que se manifesta.

2. Esplênico – Localizado na região do Baço, determina todas as atividades em que se exprime o Sistema Hemático, dentro das variações de meio e volume sangüíneo. Abrange as regiões do estômago, sistema nervoso, fígado, rins e baço. Responsabiliza-se pela digestão e absorção dos alimentos que representam concentrados fluídicos penetrando-nos a organização.

3. Gástrico – Localizado no Umbigo, regula a manipulação e a assimilação dos alimentos orgânicos; influi sobre as emoções e a sensibilidade e sua apatia produz disfunções vegetativas.

4. Cardíaco – Dirige a emotividade e a circulação das forças de base. Tem como glândula principal a timo, que se encontra localizada na parte inferior do pescoço.

É também responsável pelo coração, que é região onde está localizada a circulação sangüinea.

5. Laríngeo – Controla a respiração, a fonação. Pela respiração absorvemos 70% (setenta por cento) dos princípios energéticos que nos sustentam as atividades. Embora não pareça, a alimentação contribui bem menos que a respiração na sustentação energética. Este Centro de Força está localizado na garganta fixado na faringe, laringe e tem as glândulas tireóide como principais. Transmite ainda as energias aos pulmões, brônquios e cordas vocais.

6. Cerebral ou Frontal – Contíguo ao coronário, com influência decisiva sobre os demais, governando o córtice encefálico na sustentação dos sentidos, marcando a atividade das glândulas endocrínicas e administrando o Sistema Nervoso, em toda a sua organização, coordenação, atividade e mecanismo, desde os neurônios sensitivos até as células ejetoras.

O sistema nervoso e endócrino constituem o sistema de controle de todo o corpo físico. Parte, portanto, do Centro Cerebral o comando que estabelece o equilíbrio da organização físiopsicossomática, através de potências e correntes elétricas governando as atividades incessantes do mundo celular. Compreende-se como este comando depende da natureza e elevação dos pensamentos.

Abrange a parte anterior do cérebro (testa), olho esquerdo, nariz e sistema nervoso. Tem como glândula principal a pituitária.

7. Coronário – Instalado na região central do cérebro, sede da mente, centro que assimila os estímulos do plano superior e orienta a forma, o movimento, a estabilidade, o metabolismo orgânico e a vida consciencial da alma.

Supervisiona os outros Centros vitais que lhe obedecem ao impulso, procedente do Espírito. O comando mental parte dele, que emana a corrente de energia vitalizante formada de estímulos espirituais com ação difusível sobre a matéria mental que o envolve. A glândula principal é a pineal. Cabe ao coronário automaticamente fixar a natureza da responsabilidade que lhe diga respeito, marcando no Ser, as conseqüências felizes ou infelizes de sua movimentação consciencial no campo do destino. Atinge a região da parte posterior do cérebro e olho direito.

8. Genésico – Guia a modelagem de novas formas entre os homens ou o estabelecimento de estímulos criadores com vistas ao trabalho, à associação e à realização entre as almas. Regula atividades ligadas ao sexo, recebendo influência direta do básico. Está localizado na região do baixo ventre e abrange o Sistema Reprodutor.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorChakras
Próximo artigoAura

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here