Amor independente

0
177


“Os homens não teriam que dever dar apoio e segurança para mulher, na relação do casal?”

Essa segunda pergunta me deu a impressão de que estou certa quando digo que confundimos independência com abandono… Porque achamos que uma pessoa autônoma não precisa de apoio? Acho que nem homem nem mulher devem fazer qualquer coisa por obrigação. Isso é inconcebível numa relação que se diz amorosa. No amor é natural querermos cuidar, proteger, dar apoio. Isso não devia ser um termo de contrato.

Homens e mulheres que se amam, naturalmente se inclinariam para isso e seria uma troca, uma atitude tanto do homem quanto da mulher. Porque, pasmem, os homens também precisam de apoio e segurança!!

Às vezes acho que esse é um dos motivos das pessoas se unirem em par, receber apoio mútuo para enfrentar com mais facilidade os desafios que o existir apresenta. Então porque só o homem teria esse “dever”? E porque o homem retira essa atitude quando está diante de uma mulher independente?

Será que amor, para a gente, tem que estar ligado a um ser incapaz e dependente? Porque estamos resistindo a aprender a amar como adultos? … Eu vejo certa retaliação… Como se disséssemos: Ah! É assim? Quer ser independente? Então tome? Vai ficar sem meu apoio! É quase um castigo imposto aos que querem ser adultos.

Então eu não acho que segurança e apoio são dever do homem e sim uma atitude de pessoas amorosas, não é uma questão de gênero; e sim de comportamento amoroso.

E podemos aprender a agir assim, homens e mulheres, mesmo sendo independentes. Repito, precisamos compreender melhor o que é ser independente. Precisamos aprender a amar de forma adulta, livre, madura. Precisamos tocar no verdadeiro amor.

Namasté!


Texto de @NandaBotelho

Do blog: http://multiplasrealidades.blogspot.com

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here